Como pouco e engordo

terça-feira, 28 de julho de 2009


Muitas pessoas, na hora de emagrecer, têm o conceito de que pular refeições ajuda na redução de peso, mas não é bem por aí.
A natureza é sábia! Quando temos o hábito de passar longos períodos em jejum, o nosso organismo funciona como se estivesse desempregado: como não ganha, gasta menos e economiza. O que ocorre aí é um ajuste na velocidade do metabolismo.
Para ficar mais fácil entender, vamos colocar a situação em um exemplo real. É muito comum atender aquele paciente que diariamente acorda bem cedinho, não come nada pela manhã e depois só almoça em torno das 13h. Ao expor o organismo todos os dias a essa condição, ele entende que estamos numa situação de fome, e é aí que ele começa a estocar energia guardando a maior parte do que consumimos. Ou seja, nosso metabolismo desacelera e passa a gastar menos calorias, portanto embora estejamos comendo menos, também passamos a gastar menos.
Agora outro ponto que convido vocês a pensar é: como fica nossa fome quando ficamos muito tempo sem comer? Enorme, não é? Esse é outro fator que ajuda no ganho de peso quando deixamos de fazer alguma refeição: acabamos comendo mais do que o nosso organismo consegue utilizar, e mais uma vez estocamos energia, vulgo 'engordamos'.
Portanto preste muita atenção e evite ficar longos períodos sem comer nada. Procure fracionar a dieta em 4 a 6 refeições diárias.

1 comentários:

Jane disse...

Cazinha, gostei dessa parte!
mas acho q tenho alguns problemas, faço 4 refeições ao dia, mas eu não sei o qto eu posso comer! sei q o lanche da tarde deveria ser uma fruta, mas a verdade é q dali 1h já estou com a mesma fome de antes!!!
acho q preciso de uma consulta sua!!!
bjaum
Jane